Hospital de Trauma de João Pessoa realiza eleição para Comissão de Ética Médica

O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, está realizando, nesta quarta (29) e quinta-feira (30), a eleição para Comissão de Ética Médica, gestão 2020/2022. A votação está ocorrendo no hall da Farmácia e em frente ao Estar Médico das 8h até 20h. Estão aptos a votarem 445 médicos. Os eleitos trabalharão para garantir a ética e o zelo pelo exercício profissional do médico, promovendo medidas educativas, além de instaurar sindicâncias e apurar denúncias.

O processo de eleição para a criação dessa comissão é sempre obrigatório nas instituições com mais de quinze médicos. No caso da unidade de saúde, serão eleitos seis membros, sendo três efetivos e três suplentes. De acordo com o diretor técnico do hospital, Luiz Gustavo Barros, pode participar todo o corpo clínico do local. “Só não podem fazer parte do processo eleitoral àqueles que ocupam cargo de chefia e os membros da comissão eleitoral. É exigido também que o candidato esteja em situação regular perante o Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB)”, salientou.

As inscrições ocorreram desde 29 de junho e foram até 13 de julho. Entre os dias 14 a 17 de julho, os nomes dos médicos que se candidataram foram amplamente divulgados por ordem alfabética, no complexo hospitalar. São eles: Gilson Rodrigues Fernandes, Gustavo Cartaxo Patriota, Louise Nathalie Queiroga Fontes Marques, Luís Ferreira de Sousa Filho, Márcia Fernanda de Almeida Gadelha e Uilanete Dantas de Carvalho.  

A escolha dos integrantes será realizada mediante eleição direta, obedecendo às regras da Resolução 2152/2016 do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Resolução 129/2006 do Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB). É obrigatória a participação de todos os médicos do hospital e a vigência do mandato é de dois anos. O resultado da eleição acontecerá nesta sexta-feira (31), às 10h, no auditório do Hospital de Trauma.

Entenda como funciona – Segundo a Resolução 1657/2002 do Conselho Federal de Medicina, entende-se como inerente às funções das Comissões de Ética, está prevista a de colaborar com o Conselho Regional de Medicina na tarefa de educar, discutir, divulgar, orientar os profissionais sobre temas relativos à ética médica e de promover debates sobre temas da ética médica, inserindo-os na atividade regular do corpo clínico da instituição de saúde.

Categories : Notícias