Complexo pediátrico do Hospital de Trauma divulga movimentação do bimestre

Diariamente dão entrada no Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, dezenas de crianças, vítimas dos mais variados tipos de acidentes. Só neste primeiro bimestre, já passaram pela unidade de saúde quase 2 mil, com idades entre 0 a 12 anos. Para melhorar ainda mais a assistência a esse público, foi estruturado este ano, um complexo pediátrico, com o objetivo de humanizar a saúde, proporcionando melhor assistência aos pacientes e familiares.

Segundo dados da instituição, os principais tipos de incidentes envolvendo esse público foram: queda (792), corpo estranho (229), pancada (115) e queimadura (48). E a faixa etária que liderou os números foram bebês de até um ano de idade, principalmente meninos (1.041), o que corresponde a 56% do total. Os demais motivos estão relacionados ao trânsito, afogamento, Acidente Vascular Cerebral e Acidente Vascular.

Pensando na humanização do atendimento infantil, e em agilizar o processo de recuperação das crianças, foi realizada em 2020, uma reforma na Pediatria, que agrega a Observação Pediátrica, enfermarias, consultórios, Unidade de Terapia Intensiva e brinquedoteca, formando-se um Complexo Pediátrico, com vários recursos e profissionais qualificados.

O complexo pediátrico dispõe de enfermarias separadas para bebês e crianças maiores, um consultório todo equipado e exclusivo para atender este público. Foi possível também ampliar mais um leito de UTI pediátrica, para cuidados intensivos, com estrutura de suporte à permanência dos familiares (como novas poltronas). Além das enfermarias e observação pediátrica, que juntas possuem 22 leitos.

O complexo também oferece atividades lúdicas diariamente com a presença de uma Terapeuta Ocupacional e uma Psicopedagoga, que se revezam na brinquedoteca. Além disto, recebe semanalmente visitas como os doutores palhaços do Instituto Só Risos, cães da Terapet, que realizam um brilhante trabalho com a criançada. Sem falar nas datas comemorativas, que a equipe se empenha para não deixar passar em branco.

Para o diretor geral da instituição, Laercio Bragança, essa é uma forma de integração das crianças neste projeto de tratamento com humanização. “A reforma da Pediatria veio com vários benefícios para as crianças, não só na hora do tratamento, mas a parte lúdica com reabertura da brinquedoteca e outras atividades. A direção apoia totalmente o trabalho desenvolvido pela equipe, nosso maior objetivo é humanizar a saúde cada vez mais”, frisou.

Categories : Notícias