Trauma de João Pessoa realiza projeto de ampliação de cirurgias eletivas

As cirurgias eletivas são procedimentos que não precisam ser realizados em caráter de urgência, ou seja, podem ser agendadas. Para reduzir o tempo de espera por esses atendimentos, o Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa (PB), que é referência em diversas especialidades de média e alta complexidade, deu passo importante na assistência cirúrgica da rede pública estadual ao iniciar projeto de ampliação de cirurgias eletivas. As intervenções são realizadas no período noturno e aos finais de semana. Já foram realizadas mais de 90 cirurgias a partir da nova ação.

De acordo com o gerente médico Heisemberg Batista, o projeto não é um mutirão, mas sim ampliação dos serviços prestados pela instituição. “Visamos ampliar a quantidade de cirurgias realizadas pelo complexo hospitalar, assim reduzindo o tempo de permanência do paciente e liberando mais vagas nos leitos do hospital, e, consequentemente, atender mais usuários que precisarão dos nossos serviços”, explicou.

Para a realização deste projeto foi necessária a sensibilização das equipes dos centros cirúrgicos, entre eles: médicos, enfermeiros, anestesistas, farmacêuticos e técnicos de enfermagem. Vale ressaltar que as cirurgias emergenciais continuam sendo realizadas conforme a demanda.

No primeiro semestre de 2019 foram realizados 2.755 procedimentos cirúrgicos, quase 500 cirurgias ao mês. Quem faz parte desta estatística é Maria do Rosário Pessoa, 85 anos, vítima de queda. A paciente passou por uma cirurgia no quadril. “Pensei que minha mãe não conseguiria fazer o procedimento por causa da idade e da complexidade do caso, mas depois da realização do risco cirúrgico a cirurgia já foi marcada e deu tudo certo”, relatou Joana Darc, filha da paciente.

Categories : Notícias