Hospital de Trauma completa 18 anos sendo referência em saúde na Paraíba

Em um dia festivo para João Pessoa, que completa 434 anos em 5 de agosto, o Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena também celebra aniversário. A unidade tornou-se referência em diversas especialidades de média e alta complexidade para a Capital e estados circunvizinhos, principalmente na área de traumatologia e queimadura. São 18 anos dedicados à saúde da população, com atendimento humanizado, bons profissionais e equipamentos de primeira linha. O Hospital de Trauma tem sido reconhecido como um dos mais eficientes hospitais da região, justamente por causa dessa combinação de sucesso.

O diretor geral da instituição, Leonardo Leite, falou a respeito da comemoração dos 18 anos da instituição. “Para nós que trabalhamos no maior Hospital de urgência e emergência do Estado é uma grande alegria poder comemorar seus 18 anos de vida. A maior idade traz consigo responsabilidades e desafios ainda maiores e é com este espírito que vamos atrás de melhorar nossos fluxos e processos de atendimento para oferecer a população da nossa Paraíba o que há de mais moderno em relação à saúde. São 18 anos de serviços prestados, de vidas salvas. Aqui deixo meu agradecimento a todos os profissionais, de todas as áreas, que dão vida ao maior complexo de atendimento ao trauma da Paraíba”, ressaltou.

A unidade de saúde atendeu, em 2018, 80 mil pacientes, uma média mensal de quase sete mil. Destes casos, 42.776 foram atendimentos de urgência com observação em até 24 horas e 23.315 por consultas especializadas. Ainda foram realizados cerca de 80 mil exames de Raio X e 32.860 tomografias computadorizadas. Já neste semestre, foram 40 mil atendimentos, sendo que 17.555 por atendimentos de urgência com observação em até 24 horas e por consultas especializadas, 16.923. Somam também 32.592 exames de Raio X e 11.773 tomografias. “Esses números reforçam a grandeza da unidade hospitalar, que tem sido elogiada até por hospitais do eixo sul/sudeste, como o Hospital Israelita Albert Einstein”, completou Leonardo Leite.

Segundo a Ouvidoria da instituição, a satisfação do usuário com os serviços oferecidos pela unidade está em 93%. O estudante Luiz Carneiro Pereira, 20 anos, comprova este índice ao comemorar sua alta hospitalar. “Sou da região de Guarabira, sofri um acidente de moto e tive politraumatismo. Passei internado muitos dias e pude observar vários setores do hospital, desde Bloco cirúrgico, Unidade de Terapia Intensiva a enfermaria, e em todas as áreas fui muito bem assistido. Minha gratidão aos técnicos de enfermagem, enfermeiros, residentes e os médicos experientes que me tiraram da morte e me trouxeram à vida. Para o meu grau de fratura ir embora em pouco tempo é uma grande vitória”, frisou.

Outro paciente que ficou satisfeito com o atendimento do Hospital de Trauma foi Romerio Ricardo, que precisou dos serviços médicos após sentir fortes dores na cabeça e constatar um tumor cerebral de crescimento. “Fui paciente da unidade em 2018, durante um momento muito crítico e delicado para minha família. Na unidade de saúde fui submetido a cirurgia, passei por UTI e algumas semanas na enfermaria. Pude perceber o zelo dos profissionais com a minha vida, em especial, ao médico Daniel Ranconi, neurocirurgião que foi mais do que um médico, foi um amigo nas horas difíceis. Muito obrigado ao Hospital de Trauma por ter salvado a minha vida”, comentou.

Atualmente o hospital conta com 2.288 funcionários. De acordo com dados estatísticos, a taxa de satisfação dos colaboradores está em 80%, como é o caso do funcionário Evandro Medeiros, que está na unidade hospitalar desde a fundação. “Parabéns ao Hospital de Trauma pelos seus 18 anos. Um hospital que já consolidou sua importância na vida dos paraibanos. Uma história de desafios e vitórias que fazem dele uma referência de excelência e qualidade tanto nos serviços prestados quanto nos profissionais que aqui trabalham”, ressaltou.

O Hospital de Trauma, ao logo dos anos, também marcou a vida de muitos servidores, como Célia Rangel, que foi uma das primeiras funcionárias de 2001. “Comecei a trabalhar no projeto antes mesmo de abrir para o público. Trabalhei na instituição por 16 anos e me orgulho desta passagem em minha vida. O hospital é uma referência em humanização e competência. Cresci muito profissionalmente e tenho orgulho imenso em ter atuado com a família do Trauma”, ponderou.

A instituição é uma das únicas da Paraíba com diversos sistemas integrados funcionando simultaneamente: prontuário eletrônico, sistema de notificações de eventos adversos, gerenciamento hospitalar, Laboratorial e Centro de Imagens, como também chamados de Manutenção, Almoxarifado e Tecnologia da Informação. A unidade de saúde também é referência no âmbito da qualidade e segurança do paciente, com uma equipe multidisciplinar, gestão de indicadores e processos, uma gestora de riscos, além de uma arquiteta especializada em arquitetura hospitalar e engenharia clínica.

Para a coordenadora do Núcleo da Qualidade, Andressa Sullamyta, o Hospital de Trauma de João Pessoa avança todo dia. “Apesar de não ter visto o início do Hospital de Trauma, ouvi os relatos dos colegas que me contavam com orgulho sobre as melhorias na estrutura, ampliação dos leitos (que, inclusive, não ficam mais espalhados pelos corredores), na estruturação de novas farmácias e, especialmente, na segurança do paciente com a implantação de protocolos e sistemas integrados. E cada nova conquista é uma grande vitória, porque significa mais um paciente que vai viver e ficar bem”, salientou.

Com objetivo de melhorar continuamente a qualidade e segurança na prestação de serviços, o Hospital de Trauma foi pioneiro dos hospitais públicos estaduais a buscar a acreditação “Nível 1 – Segurança”, certificado desde outubro de 2014 e, em novembro de 2018, conquistou a acreditação “Nível 2 – Acreditado Pleno”, concedido pela Organização Nacional de Acreditação – ONA.

Para comemorar o aniversário da unidade, o complexo hospitalar preparou uma semana de atividades em alusão aos 18 anos. O Grupo de Trabalho Humanizado (GTH) realizará a comemoração oficial no dia 6 de agosto. Os funcionários e acompanhantes terão um almoço especial preparado pela Nutrição com direito a apresentação musical e demais iniciativas ao longo da semana.

Categories : Notícias