Trauma encerra campanha de queimaduras com redução nos atendimentos

O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, encerrou, nesta segunda-feira (1º), a XVII Campanha de Prevenção às Queimaduras “Marcas que Ficam Para Sempre 2019”, com 114 atendimentos, uma redução de pouco menos de 5% com relação ao ano passado, que teve 119 pacientes.

A diminuição mais significativa foi com relação a fogos de artifício, tendo em vista que em 2018, no mês de junho, foram 26 atendimentos, já em 2019 foram apenas nove, uma redução de 65%. Para o coordenador da Unidade de Tratamento de Queimados (UTQ), Saulo Montenegro, a diminuição desses números se reflete porque este ano não contamos com a Copa do Mundo e a houve uma boa divulgação da mídia sobre os perigos em manusear os fogos de artifícios.

De acordo com o setor de estatísticas, este ano as queimaduras por líquidos em alta temperatura contabilizaram 55 casos, seguida por queimadura com fogo (22), com contato em alta de temperatura (13), produto químico (4) e outros (11). Enquanto no ano passado, foram registrados 54 atendimentos de queimaduras por líquido em alta pressão (54), 13 de fogo (13), oito com contato em alta de temperatura, 1 por produto químico e outros (17).

Conforme Saulo Montenegro, apesar da redução, estamos no mês de julho e ainda precisamos de cautelas para queimaduras dentro de casa. “Este ano, a redução foi significativa em relação a fogos de artifícios, mas o desafio é grande, pois o alerta continua. É preciso que os pais entendam que lugar de criança não é perto de fogo ou cozinha”, frisou.

UTQ – A Unidade de Tratamento de Queimados do Hospital Estadual de Trauma atende os casos mais complexos e graves de queimaduras. Já tratou e recuperou pacientes com áreas corporais queimadas de até 80%. A UTQ se destaca no Nordeste e no Estado pela alta complexidade no tratamento às vítimas de queimaduras, concedida ao serviço de cirurgia plástica da unidade pelo Ministério da Saúde.

Categories : Notícias