Hospital de Trauma de João Pessoa investe em equipamentos modernos

O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, recebeu novos equipamentos com qualidade de ponta e alta tecnologia, para serem distribuídos em diversos setores da instituição. Foi adquirida uma torre completa de endoscopia e mais seis aparelhos eletrocardiográfico portátil, que beneficiarão a população da Paraíba, bem como de estados circunvizinhos. Os investimentos R$ 314 mil.

Segundo o diretor da unidade de saúde, Leonardo Leite, essa aquisição realizada pelo Governo do Estado garante a eficiência dos serviços prestados no Hospital de Trauma. “Esses novos equipamentos, principalmente a torre de endoscopia, vai destacar ainda mais a unidade de saúde no âmbito dos casos complexos de urgência e emergência, acelerando o diagnóstico preciso, otimizando a qualidade dos atendimentos e melhorando a assistência aos pacientes. Modernizar é essencial para garantir eficiência e qualidade”, enfatizou.

A torre de endoscopia é composta por vídeo processadora digital, vídeo endoscópio de alta resolução para o trato gastrointestinal superior e inferior, monitor LCD 21 grau médico, além de carro de transporte para vídeo endoscópio.

Para o coordenador do setor de endoscopia, há 18 anos trabalhando no complexo hospitalar, Carlos Feitosa, o Hospital de Trauma dá um passo à frente na aquisição de endoscópico digital de alta tecnologia, completo de tudo. “O maior beneficiário desta compra é o usuário, já que este aparelho é o melhor que existe no Brasil e no mundo. Com esta tecnologia de ponta, avançaremos não só no diagnóstico rápido e eficaz, como também no aspecto científico”, frisou.

De acordo com Carlos Feitosa, são realizados no Centro de Imagem, que é o coração do Trauma, uma média mensal de 80 a 100 exames de endoscopia digestiva nos mais variados casos, como por exemplo: hemorragia digestiva, corpo estranho e patologias graves de vítimas de armas de fogo e branca. “É importante salientar que o setor de endoscopia do Hospital é apenas para casos de alta complexidade, a unidade não realiza endoscopia clínica, porque não é nosso perfil”, salientou.

Além da torre de endoscopia, a unidade hospitalar adquiriu mais seis novos aparelhos eletrocardiográfico portátil, que vai acelerar a execução de exames, e verificar de forma rápida a real necessidade uma cirurgia de urgência. Os equipamentos serão distribuídos entre as áreas: Amarela, Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Unidade de Pós-Operatório (UPO), Unidade de Pacientes Graves (UPG) e Hospital de Traumatologia e Ortopedia da Paraíba (Htop).

Categories : Notícias