Colaboradores do Hospital de Trauma participam de capacitação oferecida pela Secretaria de Estado da Saúde

Os colaboradores do Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, participaram, nessa sexta- feira (11), no auditório da instituição de saúde, de uma capacitação sobre “Acolhimento e Classificação de Risco e a implantação do NIR e do NARQ”. A qualificação foi promovida pela Secretária de Estado da Saúde e teve como público alvo os profissionais dos Hospitais Estaduais da 1° micro regional.

WhatsApp Image 2017-08-11 at 14.14.25 (4)

 

O palestrante, Eric Alves Peixoto, ressaltou a relevância dos protocolos de regulação no que se refere à rotatividade dos leitos hospitalares. “Nosso objetivo foi dar subsídios às unidades de saúde, que ainda não têm os núcleos de NIR e NARQ. Afinal de contas, os serviços são essenciais em uma instituição de saúde, pois monitoram e controlam os leitos hospitalares. Melhorando a rotatividade deles”, frisou.
Erick aproveitou a oportunidade para citar o exemplo bem sucedido do Núcleo Interno de Regulação (NIR), do Hospital de Trauma. “Sabemos quer existem várias dificuldades, não é um trabalho fácil, mas a instituição vem executando este trabalho muito bem, com uma boa organização e estrutura. A experiência, daqui servirá de orientação para os que ainda irão implementar o serviço em suas unidades de saúde”, concluiu.

A colaboradora do NIR do complexo hospitalar, a enfermeira Renata Brasil, enfatizou a importância da ação e explicou que a iniciativa fortalece a rede de saúde estadual. “Atividades como estas são essenciais, além de atualizar os profissionais sobre os protocolos são uma oportunidade de tirarmos dúvidas pendentes e fortalecer a rede de saúde estadual, afinal encontram-se aqui representantes de diversas instituições de saúde do Estado”, frisou.

NIR do Hospital de Trauma

Implantado em dezembro de 2013, o Núcleo Interno de Regulação (NIR) do Hospital Estadual de Emergência e Trauma tem beneficiado a população da região metropolitana de João Pessoa com a diminuição do tempo de permanência dos pacientes na unidade de saúde. O setor, que desde abril passado passou a funcionar 24 horas ininterruptas, é responsável pela regulação interna de todos os pacientes da instituição.

 

Categories : Notícias